sexta-feira, 10 de junho de 2011

Morreu ontem (9) Leonam Cruz.

Morreu ontem (9), aos 86 anos de idade, Leonam Gondim da Cruz.
Advogado, cronista, orador, conferencista e poeta onde em sua poesia se dedicou a abordar o sentimento mais bonito da humanidade: o amor. Deixa viúva Minam Florentina Vonlhormam Cruz e quatro filhos.
O belenense Leonam Gondim Cruz é autor de livros como "Chão sem Asfalto", "Rosário de Contos" e "Caixa de Memórias". Como advogado, Leonam foi o primeiro a escrever sobre a Lei do Inquilinato (Lei 8.245/91).
Seu corpo será enterrado hoje (10) na sede da Academia Paraense de Letras, da qual era membro. Era membro, também, da Associação Paraense de Escritores; da Academia Paraense de Jornalismo, cadeira nº 21, de Temístocles Santana Marques, da Academia Paraense Literária Interiorana, cadeira nº 21, de Rui Guilherme Paratininga Barata e Ordem Internacional de Ciências.
O Pará perde uma grande personalidade!!!